Plano de Saúde Recem Nascido

Plano de saúde recem nascido ,  assistência médica recem nascido , plano médico recem nascido , convenio medico recem nascido , recem nascido, para bebe, para criança, venda, comprar, contratação, valor, tabela, adquirir, conhecer, Cotar, preço.

plano de saude recem nascidoPlano de Saúde Recem Nascido

Dicas de como fazer o plano de saúde para recém-nascido, a seguir, as respostas para as principais dúvidas sobre como incluir o recém-nascido no plano de saúde dos pais e se prepare para fazer tudo dentro do prazo estipulado.

Plano de Saúde Para Bebê

É essencial para a segurança e saúde do seu bebê. Veja abaixo todas informações e coberturas do plano de saúde para bebês.

O que deve ser feito antes mesmo de o bebê nascer para agilizar o processo

Como a efetivação do procedimento depende da documentação da criança, é só após o nascimento dela que a requisição pode ser feita. Nesse meio tempo, só é necessário que os pais verifiquem se estão com o pagamento do plano de saúde em dia e se já cumpriram o período de carência.

Como funciona o plano de saúde para bebê

O plano de saúde para bebê segue a Lei Complementar n° 9656 de 03 de junho de 1998 assegura o seguinte:

Pessoas que já possuem um plano de saúde e fizeram o parto a termo em seu devido plano de saúde ou até mesmo um dependente tenha feito um parto a termo coberto pelo plano de saúde.

A lei dita o seguinte direito ao beneficiário:

Assegura o atendimento médico ao bebê, sendo filho natural ou adotivo, sendo titular ou dependente do plano de saúde, durante o período de 30 dias após o parto. O atendimento médico oferecido para o recém-nascido é de acordo com o plano que a mãe ou titular possui.

Assegura também o direito de inscrever o recém-nascido sendo natural ou adotivo como dependente no plano de saúde da mãe ou titular do plano com carência 0, isto é, sem precisar cumprir o prazo de carência, porém para assegurar este direito a inscrição do plano de saúde para o recém-nascido deverá ser feito dentro do prazo de 30 dias após o nascimento.

Esse Direito é Assegurado pela Medida Provisória n° 2177-44, de 24 de agosto de 2001.

As regras para a inclusão do recém-nascido

O artigo 12 da Lei 9.656/98 determina que a inclusão do recém-nascido seja feita no plano de saúde do pai ou da mãe até 30 dias após o seu nascimento. Isso significa que todas as seguradoras são obrigadas a obedecer a esse regulamento. Então, se você receber alguma resposta diferente dessa, questione.

Carência para recém-nascidos inscrito no prazo de 30 dias

Se o parto foi coberto pelo plano de saúde e o recém-nascido foi inscrito no prazo de 30 dias, não haverá carência pra nenhum tipo de procedimento médico.

Cobertura do plano de saúde para bebê

O plano de saúde para bebês oferece cobertura completa para todos procedimentos médico hospitalares como consultas, exames, pronto-socorro, cirurgia, internação, maternidade, parto entre outros.

Procedimentos feitos no recém-nascido entre o nascimento e a sua inclusão no plano

contanto que a mãe tenha um plano de saúde hospitalar com obstetrícia – é isso, aliás, que vai garantir a cobertura de qualquer tipo de parto. Porém, vale lembrar que a partir do momento em que uma mulher adere a um plano, passa a valer uma carência para parto de 300 dias, ou seja, se a mudança for feita durante a gestação, os custos do parto não serão cobertos, bem como os primeiros cuidados que o bebê possa vir a precisar. Isso vale também para os exames neonatais, como o teste do pezinho, da orelhinha ou do olhinho, que estão cobertos pelo plano ambulatorial e pelo plano de saúde hospitalar (com ou sem obstetrícia).

Plano de saúde para recém-nascidos com alguma condição médicas especiais 

“É vedado ao plano de saúde estabelecer condições especiais, aumentos de mensalidade ou recusar a inclusão do recém-nascido por ter doença pré-existente ou por necessitar de procedimentos, internações ou tratamentos médicos de alto custo”, alerta Claudia. Isso vale, inclusive, para internação em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Regras para filhos adotivos

O processo é basicamente o mesmo que o dos filhos naturais. A única diferença é que a inclusão da criança adotiva (de até 12 anos) deve acontecer em no máximo 30 dias após a adoção.

Como fazer o plano de saúde para recém-nascido

Esse processo não é automático, portanto, é preciso que o pai, a mãe ou o responsável legal pelo recém-nascido faça uma requisição por telefone, e-mail ou carta a ser protocolada. Serão exigidas uma cópia do RG e do CPF do titular do plano e a Certidão de Nascimento do recém-nascido, comprovando a filiação. “Quando a solicitação é feita por telefone, é importante registrá-la, anotando o nome da atendente, o número do protocolo, além do dia e horário da ligação”

Carências filho adotivo

É assegurado a inscrição de um filho adotivo, menor de 12 anos de idade, sem ter obrigação de cumprir carências desde que seja inscrito no plano dentro do prazo de 30 dias.

Plano empresarial

Se for um plano empresarial, verifique no RH da empresa o período de carência.

Os melhores planos de saúde para seus bebês

Faça agora uma Cotação Online de todos os planos para bebês acima. Receba no seu e-mail em apenas 15 minutos.

Vantagens de contratar seu plano de saúde com a Planos de Saúde SP SP

A Plano de Saúde SP SP é uma das corretoras que mais cresce no Brasil.

Equipe de consultores altamente qualificados para suprir todas suas necessidades e encontrar o plano ideal para você.

Atendimento 24 horas para vendas.

Visita a domicílio ou local de preferência (Contrate o plano sem sair de casa).

Descontos de 30% na 1º parcela nas renovações de contrato.

Atendimento personalizado.

Entre outros benefícios.

Temos os melhores planos de saúde do mercado com o menor custo e o melhor benefício. Confira!

Para você que esta gestante e procura um plano para o conforto e a tranquilidade na hora de ganhar seu bebe, temos os melhores planos de saude do Brasil. Confira!

Faça uma cotação sem custos e sem compromisso. 

Temos os melhores planos de saúde do mercado. Confira!

cotacao